Feeds:
Posts
Comentários

Posts com Tag ‘Ballet Contemporâneo o’

Dança

Ballet Clássico

A peça a “Bailarina e o Saldadinho” fala de uma bonequinha que dança Ballet Clássico. Este poderá ser o seu primeiro passo.

Se você tiver um projetor de imagens na escola ou um computador, poderá captar muitas imagens, e apresentá-las aos alunos.  Fazendo sempre uma boa discussão. Colocarei algumas delas abaixo.

Mas antes de apresentar qualquer imagem, lembre-se que Ballet Clássico não é só para meninas. E  que você deverá tirar este preconceito machista da cabeça dos seus alunos.

A Dança é linda para todos! Cada um escolhe como, e  qual dança gosta mais. E ninguém tem o direito de julgar ninguém. “Preconceito de qualquer espécie é crime”.


Ballet Clássico (História)

O ballet é a dança mais complexa que existe. Seus movimentos que não se limitam somente ao chão, exploram também o ar em saltos surpreendentemente belos. O preparo necessário para a execução de cada movimento, a graciosidade dos bailarinos misturadas a força é o que dá toda a grandeza dessa arte doce e forte. Os princípios básicos do balé são: postura ereta, uso do en dehors, verticalidade corporal e simetria. Essa dança, têm suas raízes na Itália renascentista, através das pantomimas que eram realizadas por atores e circenses em grandes salões para membros da corte.

Luís XVI foi o fundador da Academia Real de Dança, em 1661. Esse berço do balé profissional deu grande impulso à dança. O balé passou para o teatro. Os artistas eram sempre do sexo masculino. Usavam máscaras e trajes que dificultavam os movimentos. As mulheres foram incluídas como bailarinas em 1681, por Lully, em seu “O Triunfo do Amor”. Os passos eram baixos e sem saltos. Os grandes saltos foram incorporados à técnica pelo grande bailarino Ballon. As cinco posições básicas dos pés, foram elaboradas por Pierre Beauchamp.
Foto: Cia Conservatório(RJ)vencedora no gênero Balé Clássico,
da Mostra Competitiva do 26º Festiva de Dança de Joinville de 2008

Ballet Contemporâneo

Enquanto o ballet clássico preza pelos movimentos perfeitos, o ballet contemporâneo, liberta de toda essa rigidez o bailarino. Não são mais necessários os joelhos sempre esticados, as pontas perfeitas ou o uso de sapatilha de ponta. Além de que o chão, aqui, passa a ser utilizado como parte da dança, como objeto cênico.

O ballet contemporâneo é totalmente diferente do ballet clássico. O ballet contemporâneo usa algumas bases e movimentos clássicos, contudo, o bailarino contemporâneo é liberado das técnicas clássicas super exigentes.

Dito isso, pode-se concluir que a grande diferença entre os dois está no fato de o ballet clássico visar a perfeição dos movimentos da técnica clássica, enquanto o  ballet contemporâneo dá ênfase aos mais diversos movimentos corporais que se ligarão aos movimentos básicos sem a exigência clássica.

Um ótimo lugar para você fazer pesquisa, é no site de uma das melhores coreógrafas contemporânea do mundo, Deborah Colcker.

Você pode viajar pela dança em outros ritmos também.
Existem inúmeras técnicas de dança que você pode mostrar para os seus alunos.
Escolha a da sua preferência e boa diversão.
Danças folclóricas
Danças de rua
Hip Hop
Dança junina
Dança de salão,etc

Divirta–se!!!!!!

Read Full Post »

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.