Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Como criar um ser sensível?’

Para entender o meu poema você deverá lê-lo em um lugar tranquilo.

E deverá lê-lo devagar.

Respirando sempre muito fundo.

Deverá ainda, permanecer bem relaxado.

E depois disso tudo, você deverá também visualizar este sonho.

Como criar um ser sensível?

(Este poema não tem contra indicação de nenhuma idade)

Para criar um ser sensível,

É preciso ensiná-lo a gostar de bichos de jardim.

Como fazer isso?

Mostre para este ser como olhar diferente para o trabalho de uma formiga,

Faça com que ele aprenda a observar os caracóis.

Eduque-o para a gostar de pássaros e borboletas,

Suas asas são incríveis!
E em sua mente plante jardins surreais.

Para criar um ser sensível,
Leia para ele todos os dias.
E faça-o se imaginar dentro das histórias.

Você estará assim criando um ser encantado.

Para criar um ser sensível,

Ajude-o a abrir-se e,
A mergulhar em seus sonhos.
Ensine-o a ser livre.

Para criar um ser sensível,
Ensine-o a rir,

Ensine-o a ouvir os mais velhos,

E a respeitar a todos.

Para criar um ser sensível,

Instrua-o sempre, a fazer amigos.

Mas, lembre-se de dizer a ele, que amigos não tem, cor, raça ou credo.

Amigos são, e sempre serão, pessoas muito mais importantes que qualquer preconceito.
Amigos  preenchem a nossa casa.

Faça-os acreditar  no quanto é importante tomar uma xícara de chá com um amigo.
Quando temos amigos, nossos sonhos são mais livres.

E como fazer para identificar um amigo?

É simples…

Amigos choram juntos durante os filmes,

E riem durante as brincadeiras.

Amigos dançam a luz do luar,

E acreditam em magia.
Amigos celebram todos os momentos maravilhosos ou não, juntos.
Amigos rabiscam paredes,

E criam novos universos.

E você, como um ser especial que é,

Para ajudar na criação de um ser sensível, deve também:
Abençoá-lo.
Afastá-lo de todos os medos.

E para que isso tudo se torne realidade.
Brinque com ele.
E divirta-se como ele.

Não tenha medo de ser inocente.
E em suas brincadeiras,
Construa cabanas com lençóis,
E molhe-se com esguichos.
Cuide das plantas e flores e

Abrace uma árvore.

E aproveite tudo isso, andando de bicicleta no parque.

E por fim, deixe-lhe escrito cartas de amor.

E nelas, escreva também que este amor deverá ser ensinado de geração para geração.

Só assim teremos no futuro, SERES SENSÍVEIS.

Tânia Regina M Costa

Read Full Post »