Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Feliz Páscoa. Ovos Fabergé’

 

 

image

Esses ovos são relíquias valiosíssimas e deslumbrantes: os ovos Fabergé eram feitos na Rússia pelo joalheiro Peter Carl Fabergé e pelos ourives que trabalhavam com ele. Elaboradas com muito cuidado, as peças misturavam prata, ouro, pedras preciosas e outros materiais caríssimos.
O primeiro ovo foi feito em 1885, quando o imperador Alexandre III encomendou a Fabergé um presente de Páscoa para dar à esposa, Maria Feodorovna. Ao abrir o ovo, uma surpresa: dentro de uma espécie de gema de ouro havia uma galinha em miniatura. Ela continha um pingente de rubi e uma réplica em diamante da coroa imperial.
Maria Feodorovna ficou tão encantada que fez de Fabergé o joalheiro oficial da corte. Deu-lhe uma missão: fazer um ovo por ano, sempre com uma surpresa dentro. A ordem virou tradição e passou para a geração seguinte. Ao todo, 50 ovos foram produzidos até 1917.
Não tenho com certeza, nenhuma possibilidade de confeccionar um Fabergé real para vcs. Mas, achei que um ovo de chocolate seria pouco para oferecer a vcs. Então, estou enviando esta imagem. Que vcs possam abri-la em pensamento e que em seus corações entre toda a PAZ que eu quero lhes transmitir neste momento.
Um ótimo Renascer! FELIZ PÁSCOA!!!!

 

 

Read Full Post »

Feliz Páscoa

Bom apetite!!!!!!!!!

A Páscoa é comemorada à muito tempo por muitas civilizações; os judeus comemoram a fuga do Egito e  para o cristianismo representa a Ressurreição de Cristo. O Ovo representa a fertilidade, sinônimo da preservação da espécie e o renascimento da Vida. Os antigos enterravam ovos para ter uma boa colheita e trocavam ovos na primavera para celebrar o florescimento da natureza.

Os Ovos Fabergé

A Páscoa é a data litúrgica mais importante da Igreja Ortodoxa Russa. Momento de festejos e confraternizações, tendo como tradição a troca de ovos de galinha decorados, que representam o símbolo da vida renovada pela esperança. Quando o czar Alexandre III, em 1885, em comemoração à Páscoa, pediu ao joalheiro Peter Karl Fabergé, que fizesse uma jóia em forma de ovo para presentear a esposa, a czarina Maria Feodorovna, não sabia que se iria criar a tradição dos ovos imperiais Fabergé, verdadeiras obras de arte da joalheria universal, com peças únicas, de uma beleza duradoura e de valor exorbitante.

 

Aparentemente, a jóia parecia um pequeno ovo de galinha comum, mas observando detalhadamente era possível ver que era lavrado em ouro e platina e esmaltado. Mas ao ser aberto, o ovo revelava todo o seu magnetismo de beleza e originalidade. A  gema era de ouro, e dentro trazia uma miniatura em forma de galinha, com olhos de rubi e uma réplica em diamante da coroa imperial.

A imperatriz ficou fascinada com a beleza da jóia, levando o czar a encomendar a Fabergé, todos os anos, durante a Páscoa, um ovo para presentear Maria Feodorovna. O imperador exigiu de Fabergé que cada ovo fosse único e que tivesse uma surpresa dentro. Iniciava-se assim, a tradição dos ovos Fabergé na corte czarista, que a cada ano, trazia uma temática diferente. A tradição permaneceria após a morte de Alexandre III, seguida pelo sucessor, seu filho Nicolau II, persistindo de 1885, até a queda do império, em 1917.

Espero ter escolhido o ovo certo. Que o meu presente seja único, e que dentro dele você encontre  a sua recompensa.

Faça o seu pedido e Boa Páscoa!

Ovos Fabergé – Fonte de pesquisa http://virtualiaomanifesto.blogspot.com.br

Read Full Post »